30 de maio de 2016

31º CARIJO DA CANÇÃO - RESULTADO


O 31º Carijo da Canção Gaúcha aconteceu de 26 a 29 de maio, em Palmeira das Missões e o resultado foi o seguinte:

Primeiro Lugar:   A ALMA ÍNDIA DO MATE
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Cristian Camargo
Interpretação: Marcelo Oliveira, André Teixeira e Shana Muller

Segundo Lugar:  FIOS
Letra: Bianca Bergman
Melodia: Robledo Martins
Interpretação: Leonardo Paim

Terceiro Lugar:  TROPEADAS
Letra:  Lauro Simões
Melodia: Nilton Ferreira
Interpretação: Nilton Ferreira

Melhor Intérprete: LEONARDO PAIM – Fios

Melhor Instrumentista:  RODRIGO MAIA - Contrabaixo - A Alma India do Mate

Melhor Arranjo Instrumental:   Em Noites Feias

Melhor Arranjo Vocal:  A Alma India do Mate

Melhor Trabalho Poético:  Fios - Bianca Bergman

Melhor Trabalho SobrePalmeira das Missões: Memorial de Pátria e Rincão

Melhor Tema Ecológico:  Romance do Pingo Dágua

Mais popular: O Tal Exame do Mormo
Autor: Doirival Godoi

Melhor Temática da Erva-Mate: A Alma India do Mate


MARIA FUMAÇA VENCE A 26ª TAFONA DE OSÓRIO

Paulinho DiCasa recebe premiação do Secretário de Turismo Antônio Marculan

O maçambique "Maria Fumaça", com letra de Selinho Neto e melodia de Paulinho DiCasa, interpretado pela Tribo Maçambiqueira,  foi a música vencedora da 26ª Tafona da Canção Nativa, festival realiza do nos dias 27 e 28 de maio, na cidade de Osório. A obra, dos autores osorienses, fala dos tempos distantes em que um trem realizava o transporte entre os municípios litorâneos de Osório e Palmares do Sul.
Além das 12 músicas concorrentes o público que lotou o anfiteatro do parque Jorge Dariva, pode  apreciar os excelentes espetáculos de: Grupo Chão de Areia, Nilton Ferreira, Miguel Marques e Joca Martins.
Parabéns a comissão organizadora  pelo grande festival e cumprimentos a todos os premiados.
A premiação completa pode ser conferida abaixo:

PRIMEIRO LUGAR:   MARIA FUMAÇA
Maçambique
Letra: Selinho Neto
Melodia: Paulinho Di Casa
Interpretação: Tribo Maçambiqueira

Joca Martins recebe troféu do jurado Beto Mayer
SEGUNDO LUGAR: DÉCIMA DA ÉGUA TORMENTA
Milongão
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Joca Martins
Interpretação:  Alex Har

MELHOR MÚSICA OPINIÃO DO PÚBLICO:  DÉCIMA DA ÉGUA TORMENTA
Milongão
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Joca Martins
Interpretação:  Alex Har

MELHOR INTÉRPRETE:  JOCA MARTINS - As Velhas Casas da Estância

MELHOR INSTRUMENTISTA:  Carlos De Césaro, Gustavo Oliveira e Giovane Marques -
As Velhas Casas da Estância

Fotos:  Antão Sampaio.

24ª SAPECADA DA CANÇÃO NATIVA - RESULTADO


A 24ª Sapecada da Canção Nativa, aconteceu nos dias 23 e 24 de maio, na cidade de Lages/SC.   
O resultado foi o seguinte:

PRIMEIRO LUGAR: A DELICADA
Letra: Sérgio Carvalho Pereira
Melodia: Juliano Gomes
Ritmo: Milonga
Interpretação: Joca Martins e Ita Cunha

SEGUNDO LUGAR: ATEU
Letra: Adriano Silva Alves
Melodia: Kiko Goulart
Ritmo: Candombe
Interpretação: Kiko Goulart e Marcelo Oliveira

TERCEIRO LUGAR: BAÚ CRIOULO
Letra: Eron Vaz Mattos
Melodia: Cristian Camargo
Ritmo: Chamarra
Interpretação: Joca Martins, Marcelo Oliveira e Rogério Melo

MUSICA MAIS POPULAR: BROTO DE CIMA DA SERRA
Letra: Anildo de Souza Araújo
Melodia: Milton César Hoff
Ritmo: Milonga
Interpretação: Daniel Silva e Zetti Gauderia

MELHOR INTÉRPRETE: JULIANA SPANEVELLO - No Romper da Trança

MELHOR INSTRUMENTISTA: RICARDO COMASSETTO - Gaita Botoneira

MELHOR LETRA: ATEU - Adriano Silva Alves

MELHOR MELODIA: A DELICADA -  Juliano Gomes

MELHOR ARRANJO: LUZARDEANDO (Rogério Ávila/Leonel Gomez)

MELHOR CONJUNTO VOCAL: RAINHA
Interpretação: Lisandro Amaral, Kiko Goulart e Índio Ribeiro

MELHOR TEMA CAMPEIRO: PRIMITIVO
Letra: Evair Soarez Gomes
Melodia: Juliano Gomes
Ritmo: Chimarrita
Interpretação: Adriano Gomes

MELHOR TEMA SOBRE A REGIÃO SERRANA: BROTO DE CIMA DA SERRA
Letra: Anildo de Souza Araújo
Melodia: Milton César Hoff
Ritmo: Milonga

Interpretação:  Daniel Silva e Zetti Gauderia 

23 de maio de 2016

1º PATRULHA DA POESIA - RESULTADO

                                                                   Participantes do festival                                                             Foto:  Cristian Rober
A primeira edição do festival de poemas da Patrulha Uruguaianense da Poesia Gaúcha, foi realizado na noite do último sábado, 21/05, em Uruguaiana, e os destaques foram os seguintes:

Modalidade Poema:
Primeiro Lugar:  Pequena Sonata ao Grande Rio
Autor: Vaine Darde
Declamador: Afonso Falcão
Amadrinhador:  Renato Fagundes
Segundo Lugar: O Bolso Cheio de Afetos
Autor: Adão Quevedo
Declamadora: Betina Hugo
Amadrinhador: Adão Quevedo.
Terceiro Lugar: Rugas
Autor: Marcelo Dávila
Declamador: Neiton Perufo
Amadrinhador: Juliano Moreno 

                                   Silvana Andrade                  Foto Cristian Rober
Modalidade Declamação:
Primeiro Lugar: Silvana Andrade
Poema: Estradeando
Autor: Jadir Oliveira 
Amadrinhador: Jadir Oliveira Filho
Segundo Lugar: Sirmar Antunes
Poema: Nunca Mais, Porongos! Nunca Mais
Autor: Moisés Silveira de Menezes
Amadrinhador:  
Terceiro Lugar: Neiton Perufo
Poema: Rugas
Autor: Marcelo Dávila 
Amadrinhador: Juliano Moreno

Modalidade Amadrinhador:
Primeiro Lugar: Benhur da Costa
Poema: Patas e Botas
Autor: José Luiz Flores Moró
Segundo Lugar: Jean Carlo Godoy
Poema:  Quero Casar Com Uma Estrela
Autor: Sebastião Teixeira Corrêa;
Terceiro Lugar: Rodrigo Cavalheiro
Poema: Cerzido de Rimas nos Rastros dos Panos
Autora: Joseti Gomes.  

Melhor Tema sobre Uruguaiana: Reverência a uma Princesa
Autor: Jorge Claudemir Soares
Declamador: Franco Ferreira
Amadrinhador: Benhur da Costa

9 de maio de 2016

2º CANTO DO CHARÃO - RESULTADO

Nilton Ferreira e grupo:  vencedores do 2º Canto do Charão

Encerrou ao final da tarde deste domingo, 08 de maio, a 2ª edição do Canto do Charão, festival da cidade de Muitos Capões, na serra gaúcha.
O resultado foi o seguinte:
Primeiro Lugar: Onde Mora a Verdade
Ritmo: Milonga
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Nilton Ferreira
Interpretação: Nilton Ferreira
Segundo Lugar:  Bolicho dos Corredores
Ritmo: Chamarra.
Letra: Giba Trindade
Melodia: Zulmar Benitez
Interpretação: Francisco Oliveira/Cristiano Fantinel
Terceiro Lugar:  Um Recado e a Carreta
Ritmo: Chamarra.
Letra: Clodinho Pinto
Melodia: Robledo Martins
Interpretação: Robledo Martins/Jean Kirchof
Mais Popular: Um Recado e a Carreta
Ritmo: Chamarra.
Letra: Clodinho Pinto
Melodia: Robledo Martins
Interpretação: Robledo Martins/Jean Kirchof
Melhor Letra: Bolicho dos Corredores - Giba Trindade

Melhor Intérprete: Igor Tadiello - Pra Quem Tem Campo na Alma
Melhor Instrumentista: Uiliam Michelon - Gaita



8 de maio de 2016

É HOJE A FINAL DO 2º CANTO DO CHARÃO

Na tarde deste domingo, 08 de maio, acontece a grande final do 2º Canto do Charão, festival da cidade de Muitos Capões/RS, brilhantemente coordenado pelo produtor cultural, narrador e apresentador, Raul Bittencourt.

As atividades iniciam as 15 horas com a apresentação das 8 canções finalistas. Na sequência, o show de Marcello Caminha e a premiação.
A Rádio Planalto transmitirá a final ao vivo.
www.planalto.com.br

A ordem de apresentação das concorrentes  obedecerá o seguinte cronograma:

1. Pra Quem Ajeitava as Garras
L: Sergio Sodré Pereira
M: Arthur Mattos
Chamarra.
Violões: Kiko Goulart/Vitor Amorim
Guitarron/Voz: Ricardo Berga.
Acordeom: João Gabriel Rosa
Interpretação: Quarteto Coração de Potro.
2. Rancho Beira de Estrada 
Milonga.
L: Don Arabi Rodrigues
M: Idalcir Peruchim.
Violões/Vocal: Gulherme Peruchim/Tiago Carloto/Carlos Ariel.
Baixo/Vocal: Everton Hoffman.
Acordeom Cromatico: Uilian Michelon
Interpretação: Idalcir Peruchim
3. Mate do Silencio-Don Pedrito-RS.
Mazurca
L: Getulio S Silva
M: Elonei Santos/Milton Fontoura.
Violões: Aparicio Maidana/Cicero Fontoura
Baixo: Romulo Acosta
Acordeom: Evandro Pires.
Interpretação: Francisco Oliveira.
4. Onde Mora a Verdade
Milonga
L: Romulo Chávez
M: Nilton Ferreira.
Violões/Vocal: Regis Reis
Gaita Botoneira/Vocal: Diego Machado.
Baixo: Aparício Maidana.
Percussão: Diego Dutra
Interpretação: Nilton Ferreira.
5-Bolicho dos Corredores
Chamarra.
L: Giba Trindade
M: Zulmar Benitez.
Violões/Vocal: Zulmar Benitez/Halber Lopez
Guitarron/Vocal: Regis Reis
Gaita Botoneira: Jarbas Nadal.
Interpretação: Francisco Oliveira/Cristiano Fantinel.
6-Um Recado e a Carreta
Chamarra.
L: Clodinho Pinto
M: Robledo Martins.
Violao: Rafael Veiga
Violão/Vocal: Regis Reis.
Baixo/Vocal: Luciano Rodrigues
Gaita Botoneira: Maurinho Silva.
Interpretação: Robledo Martins/Jean Kirchof.
7-Pra Quem tem Campo na Alma
Milonga Arrabalhera
L/M: Ramirez Monteiro.
Violões/Vocal: Sabani Felipe de Souza/Pablo Cardoso
Baixo/Vocal: Alexandre Scherer
Acordeom/Vocal: Cassio Figueiró.
Interpretação: Igor Tadiello.
8-O Mundo entre as Orelhas
Milonga
L: Giovane Dodó Gonzales

M: Edson Vargas/Halber Lopes.
Violões/Vocal: Halber Lopez/Zulmar Benitez/Rafael Veiga.
Baixo/Vocal: Leandro Massa.
Gaita Botoneira: Jarbas Nadal.
Interpretação: Cristiano Fantinel.

7 de maio de 2016

TERTÚLIA MAÇÔNICA DA POESIA ACONTECE EM AGOSTO

No dia 13 de agosto, acontece mais uma edição da Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula, festival de poemas inéditos para integrantes da Maçonaria, mas que também permite a participação de concorrentes não Maçons.  O prazo para inscrições se esgota em 01/07/2016.    Confiram o regulamento:
A Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula é um evento poético promovido pela maçonaria do Grande Oriente do Rio Grande do Sul (GORGS) sob coordenação de seu Departamento de Cultura Tradicionalista, Piquete Fraternidade Gaúcha.
Tal festividade, devido a sua grandeza e importância no cenário cultural do Estado, através da Lei municipal nº 10.903, de 31 de maio de 2010, passou a fazer parte oficialmente do Calendário de Eventos da Cidade de Porto Alegre.
A 6ª edição da Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula acontecerá no dia 13 de agosto, as 20 hs, no Teatro do Sesc (Av. Alberto Bins 665, Centro, em Porto Alegre).

REGULAMENTO:

DA PARTICIPAÇÃO
Art. 1º - A 6ª Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula será dividida em duas linhas específicas.
a) Linha Maçônica. Os participantes (poetas, declamadores e amadrinhadores) desta categoria deverão pertencer a Ordem Maçônica de alguma Potência regular e reconhecida. Filhos e esposas de maçons estão inclusos. 
b) Linha Não Maçônica. Esta categoria é livre não existindo a obrigatoriedade do item A deste artigo.
Art. 2º - As Linhas citadas no artigo 1º não concorrerão entre si.
Art. 3º - Os poemas inscritos deverão ser inéditos (não editados ou gravados em livros ou CDs).
DA TEMÁTICA
Art. 4º - A temática para a Linha Não Maçônica deverá versar sobre os costumes, a cultura, a história, o regionalismo, as tradições de nosso Estado.
Art. 5º - A temática para a Linha Maçônica é idêntica a do artigo anterior podendo ser acrescidos focos inerentes a maçonaria.
Art. 6º - Será escolhida, também a poesia com o MELHOR TEMA MAÇÔNICO. 
DA INSCRIÇÃO
Art. 7º -  As inscrições acontecerão exclusivamente pelo e-mail tertuliamaconica@outlook.com com o envio da poesia e a respectiva ficha de inscrição (impressa no final deste regulamento). 
DOS PRAZOS
Art. 8º -  O prazo limite para o envio das poesias será o dia 1º de julho de 2016.
Parágrafo único: As poesias classificadas deverão entregar seus trabalhos em condições de edição do CD até o dia 29 de julho, sob pena de desclassificação do festival.
DA CLASSIFICÇÃO
Art. 9º - Serão classificados 10 poemas sendo cinco de cada linha (maçônica e não maçônica).
Parágrafo único: O MELHOR TEMA MAÇÔNICO estará inserido dentre os cinco da linha maçônica e concorrerá em igualdade de condições com os demais classificados desta categoria.
DA AJUDA DE CUSTO E PREMIAÇÕES
Art. 10º - Cada poema classificado receberá, a título de ajuda de custo, ao final de sua apresentação, o valor de R$ 700,00.
Art. 11º - Os poemas, declamadores e amadrinhadores premiados do primeiro ao terceiro lugar de cada linha receberão troféus alusivos.
Parágrafo Único: O MELHOR TEMA MAÇÔNICO também fará jus a um troféu.
DA CLASSIFICAÇÃO
Art. 12º - A Comissão Avaliadora, composta por vates de notório conhecimento poético e musical, escolherá 10 poemas (cinco de cada linha) que subirão ao palco no local e hora aprazada
DA APRESENTAÇÃO
Art. 13 - Cada declamador poderá defender no máximo um poema. O amadrinhador poderá subir ao palco duas vezes.
DISPOSIÇÕES FINAIS
Art. 14º - Todo concorrente com poema selecionado na 6ª Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula estará automaticamente cedendo aos promotores os direitos de comercialização dos trabalhos inscritos e autorizando a gravação em CD e/ou DVD.
Art. 15° - Quaisquer dúvidas a respeito do evento ou deste Regulamento poderão ser sanadas pelo fone (51) 91245851 com Léo Ribeiro de Souza, Diretor Cultural do Piquete Fraternidade Gaúcha e Coordenador Geral da TERTÚLIA MAÇÔNICA DA POESIA CRIOULA.

COMISSÃO ORGANIZADORA
PRESIDENTE DE HONRA: TADEU PEDRO DRAGO
Grão-Mestre do GORGS PRESIDENTE: PAULO RENATO NOVO MOREIRA
Patrão do Grupo Tradicionalista Fraternidade Gaúcha COORDENADOR GERAL: LÉO RIBEIRO DE SOUZA
Diretor Cultural do Grupo Tradicionalista Fraternidade Gaúcha
 
REALIZAÇÃO
FRATERNIDADE GAÚCHA
Grupo Tradicionalista e Piquete
 
HOMENAGEADOS DA 6ª EDIÇÃO
JOÃO CARLOS D'ÁVILA PAIXÃO CÔRTES
Folclorista 
MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO
Entidade
 
FICHA DE INSCRIÇÃO DA LINHA MAÇÔNICA 
NOME DA POESIA:
AUTOR(A):
End:
E-mail:                                                    
Tel.
Loja:
DECLAMADOR(A):
Loja:
AMADRINHADOR(A):
Loja:

FICHA DE INSCRIÇÃO DA LINHA NÃO MAÇÔNICA
NOME DA POESIA:
AUTOR(A) :
End:
E-mail:
Tel.
DECLAMADOR(A):
AMADRINHADOR(A):


VI NEVADA - RESULTADO

Luiz Marenco e Quarteto Coração de Potro, vencedores da 6ª Nevada.
Na noite de 23 de abril deste ano, foi realizada a 6ª Nevada da Canção Nativa, festival da cidade catarinense de São Joaquim, que não vinha sendo realizado desde o ano de 2010.  A edição deste ano foi especial, com critérios diferentes dos que habitualmente são adotados nos festivais. A comissão organizadora, liderada pelo poeta e compositor Ramiro Amorim, convidou 14 intérpretes para realizarem espetáculos em conjunto e, ao mesmo tempo, concorrerem com uma música inédita cada um. Ao final da mostra competitiva, no lugar de uma comissão avaliadora previamente estabelecida, quem definiu a música vencedora foi o público e os profissionais de imprensa presentes no evento.
E a melhor música na opinião da platéia foi "Benquerença", que tem letra de Fábio Maciel e melodia de Vitor Amorim.  A interpretação coube a Luiz Marenco, acompanhado do Quarteto Coração de Potro.
Parabéns aos vencedores e aos organizadores pelo sucesso da Nevada.