quarta-feira, 29 de maio de 2013

"EU SOU RIO GRANDE" É O TEMA DA SEMANA FARROUPILHA 2013

Luciano e Gujo, autores da música tema.
“Eu Sou Rio Grande” uma polca, com letra de Gujo Teixeira e melodia de Luciano Maia é a música escolhida como tema dos Festejos Farroupilhas  de 2013.  
A definição aconteceu na tarde desta quarta-feira, 29 de maio, em reunião realizada nas dependência do IGTF – Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore,  em Porto Alegre.
A obra, interpretada pelo próprio Luciano Maia, será a trilha para todas as atividades relacionadas aos festejos deste ano, cujo tema é “O Rio Grande do Sul no Imaginário Social”.
Confira a letra:

EU SOU RIO GRANDE

EU SOU RIO GRANDE, DE HISTÓRIAS E DE LENDAS 
DE UM POVO SIMPLES, DE VERDADES E RAZÕES
ESTAMPA RUDE, DE FAZER TANTAS FRONTEIRAS 
ALMA DE VENTO, ACALENTANDO CORAÇÕES.
EU SOU RIO GRANDE, DO NEGRO DO PASTOREIO 
GURI DE CAMPO, QUE EM LENDA SE TRANSFORMOU
 IMAGEM CLARA, DAS CRENDICES E DOS BAIOS... 
TE ACENDO VELAS, QUE MEU SONHO SE EXTRAVIOU !
EU SOU RIO GRANDE, NOS OLHOS DA M'BOITATA
CLAREANDO UM TEMPO, ONDE A FÉ ERA ESQUECIDA
DO HOMEM SIMPLES, QUE CONFIAVA NAS VERDADES 
ONDE A CONFIANÇA, POR QUERER, SE MANTÉM VIVA...
EU SOU RIO GRANDE, DE SIMÕES E DE BLAU NUNES
HOMENS DE LIVROS, CADA QUAL COM SUA HISTÓRIA 
FIZERAM PÁTRIA, E DESTINOS PELO PAGO 
NOS RESGUARDANDO, UM TEMPO ANTIGO NA MEMÓRIA.
EU SOU RIO GRANDE, DO JARAU E DAS MISSÕES
TEMPLOS SAGRADOS DE PALAVRAS E DE PRECES
SILÊNCIO E PEDRA, CATEDRAL DE MIL MISTÉRIOS 
PRINCESA MOURA, QUE A SAUDADE NÃO ESQUECE.
EU SOU RIO GRANDE, TERRA GUAPA QUE TEM DONO
PELAS PALAVRAS DE UM HERÓI QUE HOJE REVIVO 
DE LANÇA EM PUNHO, O GUERREIRO NÃO SE ENTREGA 
ÍGUAL A TANTOS, QUE AINDA AFIRMAM O TEU MOTIVO.
EU SOU RIO GRANDE, DO CHURRASCO E DA ERVA MATE 
NESTE RITUAL DE AMIZADE EM COMUNHÃO 
PALAVRAS ÍNDIAS, QUE ADOÇADAS PELA ÁGUA 
NOS IRMANARAM, PERPETUANDO A TRADIÇÃO.
EU SOU RIO GRANDE, TÃO REAL E IMAGINÁRIO
QUE TEMPO A DENTRO FEZ DIVISAS E FRONTEIRAS
SOU OURO E CAMPO E O SANGUE DOS FARRAPOS 
PELAS TRÊS CORES, TREMULANDO EM TUA BANDEIRA.


segunda-feira, 27 de maio de 2013

28 CARIJO - RESULTADO

Leonardo Paim:  Melhor Intérprete pelo segundo ano consecutivo
O 28º Carijo da Canção Gaúcha, um dos mais importantes festivais nativistas do estado, foi realizado em Palmeira das Missões no período entre 24 e 27 de maio e o resultado foi o seguinte:
Primeiro Lugar: Quem São Eles?
Autor: Josué Rodrigues
Interpretação: João Quintana Vieira
Segundo Lugar:  O Velho Fazedor de Rugas e Cabelos Brancos
Autores:  Carlos Omar Villela Gomes/ Piero Ereno
Interpretação: Analise Severo
Terceiro Lugar: Aos Olhos do Tempo Fez-se a Querência
Autores:  Rômulo Chaves/ Nilton Ferreira
Interpretação: Nilton Ferreira, Walther Morais e Miguel Marques
Melhor Intérprete: Leonardo Paim - Do Meu Jeito
Melhor Instrumentista: Cássio Figueiró -  Quando Se Vai Um Artista
Melhor Trabalho Sobre a História de Palmeira: Nesse Garrão do Brasil
Autores:  Luiz Gustavo/José Ricardo Nerling
Música Mais Popular: O Canto da Palmeira  
Autores:  João Pantaleão Leite/Vanderlei Guimarães/Zulmar Benitez
Melhor Arranjo Vocal:  Quem São Eles?  
Melhor Arranjo Instrumental:  Do Meu Jeito
Melhor Tema Ecológico: As Lições de Uma Estiagem Grande
Autores:  João Ari Ferreira/Xuxu Nunes
Melhor Composição Sobre Tema Erva Mate: Noites de Ronda
Autor: Eron Carvalho
Melhor Trabalho Poético: O Velho Fazedor de Rugas e Cabelos Brancos
Autores: Carlos Omar Villela Gomes/Piero Ereno

21ª SAPECADA - RESULTADO

Planilha com as notas dos jurados.
A 21ª Sapecada da Canção Nativa aconteceu nos dias 26 e 27 de maio, na cidade de Lages/SC, reunindo compositores, músicos e intérpretes gaúchos e catarinenses.
A comissão avaliadora do festival esteve constituída por  Alexandre Ramos, Cassiano Pinto, Cristian Camargo, Galileu Conrado,  João Fontoura, Luiz Marenco e Oscar Massita. gerenciador de host
Uma atitude elogiável da Comissão Organizadora da Sapecada foi a divulgação da planilha com os conceituados atribuídos pelos jurados (foto).
Ao final os  destaques foram:
Primeiro Lugar: MENINA,  ESCUTA TEU CANTOR
Ritmo:  Milonga 
Letra: Sergio Carvalho Pereira 
Melodia:  Juliano Gomes
Interpretação: Lisandro Amaral   
Segundo Lugar: UM ACORDEÓN Y UM SOMBRERO
Ritmo: Chamamé 
Letra: Martin Cesar Gonçalves 
Melodia: Aluísio Rockembach 
Interpretação:  Gicela Mendez Ribeiro
Terceiro Lugar: QUANDO MEU CANTO PASSAR
Ritmo: Milonga
Letra: Rafael Ferreira
Melodia: Vitor Amorim
Interpretação: Ricardo Bergha, Arthur Matos, Maicon Oliveira e Vitor Amorim 
Melhor Letra: MENINA, ESCUTA TEU CANTOR  - Sergio Carvalho Pereira
Melhor Melodia: UM ACORDEÓN Y UM SOMBRERO – Aluisio Rockembach 
Melhor Conjunto Vocal: QUANDO MEU CANTO PASSAR
Melhor Arranjo: UM ACORDEÓN Y UM SOMBRERO
Música Mais Popular: QUANDO MEU CANTO PASSAR
Melhor Tema da Região Serrana: DOIS TROPEIROS  (Aldo Neto/Adilson Oliveira
Melhor Tema Campeiro:  SANTA FÉ LAGUNA  (Gujo Teixeira/Jari Terres)
Melhor Instrumentista: ALUISIO ROCKEMBACH  - Un Acordeon y un Sombrero 
Melhor Intérprete: LISANDRO AMARAL gerenciador de host - Menina, Escuta Teu Cantor

sexta-feira, 24 de maio de 2013

OS QUATRO GAÚCHOS NA RURAL

O programa Ronda dos Festivais  desta sexta-feira, na Rádio Rural AM 1120,
contou com a participação ao vivo do Grupo Os Quatro Gaúchos, formado pelos músicos Airton Cabral, Zezinho Furquin, Luciano Macedo e Erami Cristino.
Música ao vivo e um prosa animada sobre o show baile de lançamento do CD "A Honra da Tradição" que  acontece no próximo dia 29 de maio, no 35 CTG, aqui em Porto Alegre.
Além de um baita baile, animado pelo próprio quarteto, o publico que comparecer ao evento, poderá assistir ainda ao espetáculo com o cantor Mano Lima.
Grande acontecimento pra música regional gaúcha.
Informações: (51)3336.0035

quinta-feira, 23 de maio de 2013

ESTÂNCIA DO CANTO E DO VERSO GAÚCHO

Atenção cantores e declamadores. O prazo para inscrições ao 1º Estância do Canto e do Verso Gaúcho encerra no dia 31 de maio.  Regulamento e informações no site www.ctgestanciadaazenha.com.br 
ou pelo email cjtomazzini@gmail.com.
Os jurados das duas modalidades são:
Interpretação:  Leandro Berlesi, Diego Geisler e Fábio Benfato.
Declamação: Luiz Afonso Torres, José Luiz Santos e Liliana Cardoso. 

O festival acontece de 14 a 16 de junho no CTG Estância da Azenha e tem a seguinte programação:

Dia 14 de junho:
20h30: ABERTURA OFICIAL: Tertúlia com os campeões do ENART 2012 e convidados;

Dia 15 de junho:
09h: CONCURSO DE INTÉRPRETE SOLISTA VOCAL
23 h:BAILE COM O GRUPO BEIRA D´ESTRADA 

Dia 16 de junho:
09 h: CONCURSO DE DECLAMAÇÃO 
20h30: Divulgação dos resultados e premiação. ENCERRAMENTO

quarta-feira, 22 de maio de 2013

2ª COLINA DA MÚSICA GAÚCHA DEFINE CONCORRENTES

Jurados da 2ª Colina em plena triagem.

Foram definidas na noite de terça-feira, 21/05, as músicas concorrentes na 2ª Colina da Música Gaúcha, festival da cidade de São João da Urtiga, que acontece de 13 a 16 de junho de 2013.
A comissão avaliadora desta edição está formada por Daniel Busch, Raul Bitencourt, Jaime Brum Carlos, Sérgio Rosa e Nenito Sarturi.
Confiram as 15 concorrentes:

1) Vaneira do Violão - Vaneira
L: Rômulo Chaves – Palmeira das Missões
M: Zulmar Benitez – Santa Maria

2) Da Canhada ao porteirão - Vaneira
L: Diego Muller e Severino Rudes Moreira - Canoas/Candiota
M: Marcelinho Carvalho – Cruz Alta

3) Recordando a cordeonita - Vaneira
L: Wilson Vargas - Triunfo
M: Eduardo Lopes – Charqueadas

4) Flor Costeira – Chamame
L e M: Clóvis Mendes – Passo Fundo

5) As razões das Argolas - Milonga
L: Gilberto Trindade – São Paulo - SP
M: Xuxu Nunes – Santiago 

6) Meu Rio – Chamame
L: Luis Onério Pereira - Cruz Alta
M: Sinval Araújo – Cruz Alta

7) Tardinha Frienta – Chamamé
L: Tadeu Martins - Santo Angelo
M: Erlon Péricles e Elton Saldanha – Porto Alegre

8. Coisas do Coração – Chamamé
L: Leonardo Rodrigues – Palmeira das Missões
M: Luis Eduardo Estigarríbia – Palmeira das Missões

9) Nos mesmos Pinhais – Bugio
L e M: Alcinei dos Santos – Porto União/PR

10)Um grito de alerta - Milonga
L: Luis Onério Pereira – Cruz Alta
M: Nando Soares - Cruz Alta

11) Versos prá São João da Urtiga - Chamamé
L: Bety Novakoski - Sananduva 
M: Edu Novakoski e Nando Soares – Sananduva

12) Pesqueiro - Milonga
L: Flaubiano Lima - Rolante
M: Nilton Jr – Santo Antonio da Patrulha

13) Sábio Viver – Vaneira
L: Moacir Dávila Severo – Alegrete
M: Matheus Alves – Porto Alegre

14) Eu te devia um poema - Milonga
L: Rômulo Chaves – Palmeira das Missões
M: Zulmar Benitez – Santa Maria

15) Manda um beijo pra ela – Vaneira
L e M: Érlon Péricles e Cristiano Quevedo – Porto Alegre

segunda-feira, 20 de maio de 2013

33ª COXILHA LANÇA REGULAMENTO


A 33ª Coxilha Nativista de Cruz Alta, vai acontecer de 24 a 27 de julho de 2013. O lançamento oficial ocorreu na noite do ultimo sábado, quando foi apresentado o regulamento do festival, bem como divulgados os nomes dos integrantes da comissão avaliadora e dos artistas responsáveis pelos espetáculos que abrilhantarão o evento.
Reproduzimos a seguir alguns fragmentos importantes do regulamento da 33ª Coxilha Nativista. Confiram:
 Artigo 4º – Das Inscrições

I – Fica limitado a 05 (cinco) trabalhos por autor e/ou parceria, podendo, no entanto, classificar até 02 (duas) composições em seu nome e/ou parceria. No caso da Fase Local, até 02 (duas) músicas em seu nome e/ou parceria, sendo que apenas uma poderá ser classificada para a Fase Final;
II – Não será permitido, em hipótese alguma, qualquer tipo de alteração nominal dos autores ou parcerias dos trabalhos classificados para a Fase Final do evento.
III – São peças indispensáveis da inscrição:
a) Ficha de inscrição (anexa a este regulamento), totalmente preenchida;
b) CD (Compact Disc) contendo as composições em arquivo mp3, devidamente identificadas.
Obs.: Mantida a qualidade de gravação, não é obrigatório que a composição seja plenamente arranjada, isto quer dizer que, em nível de pré-seleção, será observado tão somente Letra, Melodia e Harmonia.
c) Letra em 06 (seis) vias digitadas, sem identificação de autores, contendo no rodapé somente o ritmo da composição.
d) Os trabalhos deverão ser remetidos até o dia 12 de junho de 2013 (quarta-feira) impreterivelmente, observada a data de postagem, via carta registrada ou sedex, para o seguinte endereço: 33ª COXILHA NATIVISTA DE CRUZ ALTA – Secretaria Municipal de Cultura – Av. General Osório, 1415 – CEP 98005-150 – Cruz Alta / RS.
Artigo 5º – Da Interpretação

II – A cada intérprete ou instrumentistas serão permitidas 02 (duas) apresentações no palco da Coxilha Nativista – Fase Geral e, para instrumentista até 03 (três) apresentações na Fase Local, sendo que cada artista não poderá subir ao palco mais do que 3 (três) vezes, seja na soma da Fase Local com a Fase Geral;
IV – Serão apresentadas na Fase Local, 10 (dez) composições concorrentes na noite eliminatória de 24/07/2012 (quarta-feira);
V - Serão apresentadas na Fase Geral no mínimo 20 (Vinte) composições, sendo um mínimo de 10 (Dez) na noite de 25/07/2013 (quinta-feira), e um mínimo de  10 (Dez) na noite de 26/07/2013 (sexta-feira).
VI – Na Final do dia 27/07/2012 (sábado), serão apresentadas 14 (quatorze) composições finalistas, sendo 10 (dez) classificadas da Fase Geral e 04 (quatro) da Fase Local, as quais concorrerão em igualdade de condições às premiações instituídas no evento.
VII – Não poderão participar como compositor ou no palco, artistas que façam parte da grade de shows da 33ª edição do festival, excetuando-se os instrumentistas que acompanharem o mesmo no show ou algum convidado em participação especial que não conste na grade de shows.
Artigo 6º – Da Comissão Julgadora
I – A Comissão Julgadora será composta por 5 personalidades do meio musical nativista: Beto Barcellos, Érlon Péricles, Luiz Carlos Borges, Marcelo Caminha e Tadeu Martins.
Artigo 7º – Da Ajuda de Custo
I – Fase Local - a cada composição apresentada no dia 24/07/2013 (quarta-feira) caberá a importância de R$ 800,00 (Oitocentos Reais), a título de Ajuda de Custo e Direito de Arena, que serão pagos após a apresentação;
a) a cada uma das 04 (quatro) composições classificadas da Fase Local para a Finalíssima, no dia 27/07/2013 (sábado), caberá a importância de R$ 1.000,00 (hum mil reais) a título de Direito de Arena e Direito de Gravação, que serão pagos após a apresentação do dia 27/07/2013 (sábado).
II – Fase Geral - a cada composição classificada atribuir-se-á uma Ajuda de Custo e Direito de Arena no valor de:
a) R$ 2.000,00 (dois mil reais) para cada composição apresentada no dia 25/07/2013 (quinta-feira);
b) R$ 1.800,00 (hum mil e oitocentos reais) para cada composição apresentada no dia 26/07/2013 (sexta-feira); 
c) a cada uma das 10 (dez) composições classificadas da Fase Geral para a Finalíssima, no dia 27/07/2013 (sábado), caberá a importância de R$ 500,00 (quinhentos reais) a título de Direito de Arena e Direito de Gravação, que serão pagos após a apresentação do dia 27/07/2013 (sábado).
OBS. Cada uma das composições classificadas para a FASE ESTADUAL da 33ª Coxilha Nativista receberá um adicional de R$ 300,00 (Trezentos Reais) a título de cachê para apresentação na Tertúlia que ocorrerá no Parque Integrado de Exposições logo após a apresentação no palco do Festival.
Artigo 10º – Da Premiação
I – Aos vencedores da 33ª COXILHA NATIVISTA serão atribuídos os seguintes prêmios:
1º Lugar:  R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e Troféu “ÉRICO VERÍSSIMO”
2º Lugar:  R$ 3.000,00 (três mil reais) e Troféu “CAPITÃO RODRIGO”
3º Lugar:  R$ 2.000,00 (dois mil reais) e Troféu “ANA TERRA”
Música Mais Popular: R$ 1.000,00 (hum mil reais) e Troféu “LENDA DA PANELINHA”
Melhor Tema alusivo a Cruz Alta e sua história: R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu: CINQUENTENÁRIO DE “O TEMPO E O VENTO”
Melhor Intérprete:  R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu Marcos Costa
Melhor Instrumentista: R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu Rodrigo Fogaça
Melhor Letra: R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu Rubens Dario Soares
Melhor Arranjo: R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu Emerson da Rosa
Melhor Melodia: R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu Mestre Vidal
Melhor Conjunto Vocal: R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu Mário Moraes
Melhor Indumentária: R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu Adauto Mastela Basso                                                                                                                                                                                                                                                                     
1º Lugar da Fase Local:  R$ 500,00 (quinhentos reais) e Troféu O CONTINENTE
2º Lugar da Fase Local:  R$ 300,00 (trezentos reais) e Troféu INCIDENTE EM ANTARES
3º Lugar da Fase Local:  R$ 200,00 (duzentos reais) e  Troféu BIBIANA





sábado, 18 de maio de 2013

23ª TAFONA - RESULTADO.

Cidade dos Ventos:  Tema Osoriense e Melhor na Opinião do Público
A 23ª Tafona da Canção aconteceu nos dias 17 e 18 de maio, na cidade de Osório e o resultado foi o seguinte:
Primeiro Lugar:   Por Bailado e Chacarera
Autores: Rogerio Villagran/André Teixeira
Interpretação:  Juliana Spanevello
Segundo Lugar: Un Chamamé Y Nada Más.
Autores: Diego Muller/Marcelinho Nunes
Interpretação: Juliano Moreno e Daniel Cavalheiro
Terceiro Lugar:  Praieiro
Autores: Caio Martinez/Adriano Sperandir
Interpretação: Caio Martinez e Adriana Sperandir
Tema Osoriense:  Cidade dos Ventos
Autores: Claudio Heinke/Chico Saga/Mario Tressoldi/Jean Kirchoff/Ita Cunha
Int: Jean Kirchoff, Lu Schiavo e Chão de Areia

Melhor Intérprete:  Juliana Spanevello - Por Bailado e Chacarera
Melhor Música na Opinião do Público:   Cidade dos Ventos
Autores: Claudio Heinke/Chico Saga/Mario Tressoldi/Jean Kirchoff/Ita Cunha
Int: Jean Kirchoff, Lu Schiavo e Chão de Areia

sexta-feira, 17 de maio de 2013

CALIFÓRNIA EM DEZEMBRO,COM AS MESMAS MÚSICAS SELECIONADAS EM 2010.

A Luz da Coragem no palco da 25ª Moenda
Um chasque do meu amigo Jaime Ribeiro, vindo direto de Uruguaiana, nos traz a boa notícia de que a 37ª Califórnia da Canção Nativa, depois de vários cancelamentos e adiamentos, finalmente vai acontecer nos dias 06, 07  e 08 de dezembro de 2013.
Comunica também, o colega Jaime, que as músicas já selecionadas na triagem realizada em 2010, serão mantidas como concorrentes, independentemente de já constarem em discos ou até mesmo que tenham sido premiadas em outros festivais.
A partir desta informação, e a título de curiosidade, levantamos a situação de cada uma das músicas classificadas para a 37ª Califórnia.
O resultado desta pesquisa publicamos a seguir, solicitando perdão antecipado por eventuais discrepâncias. Confiram:
Classificadas para a 37ª Califórnia da Canção Nativa:

1. Petiço Mapa-Mundi
Autores: Rafael Ovídio/Pedro Ribas/Fernando Saldanha Filho/César Santos
Participou do Festival da Taipa.
Está na internet.

2. Pé de Moleque
Autores: Diego Goulart Müller/Miguel Tejera
Vencedora da Linha Regional do 29º Reponte da Canção
Está no CD do festival.

3. Sou Além do que sou Eu Mesmo
Autores: Tikeno Queiroz/Cesar Santos/Rafael Constant/Punk Bermudez
Permanece Inédita

4. Estrelas Castanhas
Autores: Silvio Genro/Pirisca Grecco
Permance Inédita

5. Horácio Luis
Autores: Vinicius Brum/Tuny Brum
Permanece Inédita

6. Por Ter Onde Ir
Autores: Tiago Souza/Nelson Souza
Permanece Inédita

7. Por Gratidão, Desencilho
Autores: Rodrigo Bauer/Mário Barbará Dornelles
Está no CD da XIX Tertúlia Nativista

8. Mi menor de Coração
Autores: Jaime Vaz Brasil/Pedro Guerra/Adriano Sperandir
Permanece Inédita

9. Que Bueno
Autores: Fernando Soares/Evair Gomez/Mauro Moraes
Permanece Inédita

10. Milonga da Saudade
Autores: Sérgio Napp/Pery Souza
Permanece Inédita

11. Pra Poncho que Topa Vento
Autores: Gujo Teixeira/Luciano Maia
Está no CD  “Cordeona-me”  de  Luciano Maia e Gujo Teixeira

12. Pitaluga de Luzeiro
Autores: Rafael Chiappetta/, Lizandro Amaral/Guilherme Colares
Está no CD do 8º Cante Uma Canção em  Vacaria

13. A Última Redução
Autores: Hermeto Silva/Afonso Falcão
Permanece Inédita

14. Campeira
Autores: Érlon Péricles/Duca Duarte
Está no CD  “Floreio”  de Érlon Péricles

15. A Luz da Coragem 
Autores: Tiago e Guilherme Suman/Adriano  e Cristian Sperandir
2º Lugar na 25ª Moenda
Está no CD do festival

16. Oração do Pescador
Autor: Erlon Péricles
Está no CD da Coxilha Negra 2011

17. Don Alejo e seus Mijados
Autor: Rafael Ovídio Gomes
Está no CD “Floreio”  de Érlon Péricles

18. De Barro e Luz
Autores: Martin Cesar/Paulo Timm
Permanece Inédita

Suplentes:
1. Fronteiras Abertas
Autores: Ivo Ladislau/Carlos Catuípe
Permanece Inédita

2. Cores e Aromas
Autores: Túlio Urach/Zé Renato Daudt/Miguel Azambuja
Está no CD da 25ª Moenda da Canção

3. Trovadores
Autores: Sérgio Napp/Sérgio Souto
Permanece Inédita

quarta-feira, 15 de maio de 2013

TROVA NA COXILHA

Jadir e Jadirzinho
A Coxilha Nativista de Cruz alta, abre espaço para a trova em sua programação.
O festival, um dos mais importantes do estado, realiza sua 33ª edição de 24 a 27 de julho de 2013.  O lançamento oficial, com a divulgação do regulamento, dos jurados e dos shows, ocorre na noite do próximo sábado, 18 de maio, em Cruz Alta.
Já o 1º Mi-Maior de Gavetão da Coxilha, acontece no dia 27 de julho, durante o dia todo, reunindo os principais repentistas do estado. A coordenação é do trovador Jadir Oliveira.
Confiram o regulamento:

1º MI MAIOR DE GAVETÃO DA COXILHA NATIVISTA
DATA: 27/07/2013

01-OBJETIVOS: Incentivar e divulgar a poesia oral improvisada através da trova Gaúcha, valorizando os trovadores e disponibilizando aos mesmos mais um espaço pra divulgação desta tradicional arte do verso repente.
02-DA PARTICIPAÇÃO: A inscrição do festival estará aberta até que seja encerrada a primeira fase.
Poderão participar do evento todos os trovadores que assim desejarem sem nem um custo de inscrição ou credenciamento, sendo que não haverá fornecimento de alimentação e hospedagem aos trovadores pelo evento.
DA AVALIAÇÃO:
03-A comissão avaliadora do festival será formada pelos seguintes jurados:
Luiz Onério Pereira - Cruz Alta
Jairo Martins – São Vicente do SUL
Hélio Teixeira – Cruz Alta
Alaor Merchel – Caxias do Sul
Dido Portinho – Cruz Alta
04-Dos 05 (Cinco) jurados, serão descartadas as notas, maior e menor, sendo computada as demais para a planilha de cada trovador.
05-Serão utilizadas planilhas específicas para modalidade de trova sendo que a computação dos pontos será feita a cada estrofe somando-se no final pela quantidade de estrofes cantadas.
06-Na primeira fase os trovadores cantarão 06 (seis) estrofes cada, com temas sorteados no momento em que a dupla é chamada para subir ao palco.
07-A partir da segunda fase os trovadores cantarão 08 (Oito) estrofes cada, sendo 05 (Cinco) no tema sorteado no momento de subir ao palco e as 03 (Três) demais estrofes devem serem cantadas no “desafio de pua” .
08-A lista de temas a serem sorteados durante o festival será disponibilizada para os trovadores durante o evento.
09-O tema da final não será sorteado e sim escolhido pela comissão organizadora do evento e será divulgado no início do festival para que se preciso os trovadores tenham tempo de realizarem uma pequena pesquisa sobre o assunto.
10-REGULAMENTO: O festival será desenvolvido no estilo tradicional de: TROVA MI MAIOR DE GAVETÃO
11-Na primeira fase participarão todos os trovadores inscritos, sendo que, serão sorteadas as duplas para a primeira rodada.
12- Serão classificados 12 trovadores para a segunda rodada, sendo que a partir da segunda fase não mais serão sorteadas as duplas e sim serão formadas pela pontuação. Ex.: 1º colocado x 2º colocado 3° x 4° e assim por diante, sendo que a ordem de apresentação será invertida, ou seja, os últimos classificados sobem ao palco primeiro na segunda fase.
13-Dos trovadores que sobem ao palco na segunda fase serão classificados 10 (dez) para a fase seguinte sendo que cada um dos dois trovadores desclassificados farão jus ao valor de R$ 200,00(Duzentos Reais) valores que serão pagos a título de ajuda de custo.
14- Na fase seguinte serão classificados 08 (oito) trovadores sendo que os 02 (dois) trovadores desclassificados farão jus ao valor de R$ 300,00 (Trezentos Reais) valores que serão pagos a título de ajuda de custo.
15-Dos 08 (oito) trovadores serão classificados 06 (seis) sendo que os 02 (dois) que somarem menos pontos receberão a quantia de R$ 400,00 (Quatrocentos Reais) valores que serão pagos a título de ajuda de custo.
16-Dos 06 seis trovadores serão classificados 04(quatro) sendo que os 02 (dois) que somarem menos pontos receberão a quantia R$ 500,00 (quinhentos Reais) valores que serão pagos a título de ajuda de custo.
17-Dos quatro trovadores será apurada a dupla finalista que fará a final no palco da Coxilha nativista na noite de sábados 27 de julho de 2013 sendo que aos trovadores classificados em 3° e 4º Lugares será pago uma quantia de R$ 600,00 (Seiscentos Reais) a título de premiação e ajuda de custo, Mais um troféu.
Os dois trovadores finalista farão jus a seguinte premiação:
1° Lugar 1.500,00 + Troféu
2° Lugar 1.000,00 + Troféu
A trova final fará parte do CD e DVD da 33ª Coxilha Nativista de Cruz Alta
OBS> Os detalhes não especificados neste regulamento serão definidos pela comissão organizadora do evento tendo por base o regulamento da Associação de Trovadores Luiz Muller de Sapucaia do Sul.
Cordenação: Jadir Oliveira
Informações pelos fones: (51) 3562-7420 ou (51) 9838-3543 (c/Jadir Oliveira)
(55) 3322 6595 e (55) 33036902 – Secretaria de Cultura de Cruz Alta – Promotora do Evento

Ou ainda pelos e-mails: jadiroliveirapajador@hotmail.com e cultura@cruzalta.rs.gov.br
Facebook: jadiroliveirapajador@gmail.com


segunda-feira, 13 de maio de 2013

MÚSICA DOS GAÚCHOS APRESENTA BORGES E RASTELLI

Emanuele Rastelli- convidado especial
O projeto Música dos Gaúchos traz para Porto Alegre um evento especial. 
Nesta terça, 14, no Teatro de Câmara Túlio Piva acontece a apresentação de Luis Carlos Borges, que terá como convidado o acordeonista italiano Emanuele Rastelli, além de grandes talentos gaúchos da “gaita”: 
Luciano Maia, Samuca do Acordeão, Paulinho Cardoso e Guilherme Goulart. 
O show começa às 20h30 e tem entrada franca, com distribuição de senhas uma hora antes.
Antes, as 17h, eles estarão ao vivo no programa A Hora do Mate, apresentado por Ernesto Fagundes na Rádio Rural AM 1120.
Também na terça, durante o Música dos Gaúchos, será lançado o projeto do festival “Gaiteiros do Mundo”, organizado pelo músico Luiz Carlos Borges. O festival tem previsão para novembro no Auditório Araújo Vianna e já tem confirmada a presença de um dos mais importantes acordeonistas do mundo, o francês Richard Galleano. 

O espetáculo, além de apresentações de músicos locais, nacionais e internacionais contará com oficinas e debates sobre o instrumento acordeão.

Serviço:

Evento: Projeto Música dos Gaúchos
Local: Teatro de Câmara Túlio Piva (Rua da República, 575)
Horário: 20h30
Ingressos: Gratuito, com retiradas de senhas uma hora antes do show