domingo, 4 de dezembro de 2016

6º MOINHO DA CANÇÃO - RESULTADO

Tuny Brum: autor e intérprete da música vencedora
Graças a colaboração de alguns amigos, conseguimos o resultado da 6ª edição do Moinho da Canção,  festival que  aconteceu na noite de ontem, 03/12, na cidade de Panambi.
Confiram: 

ETAPA GERAL: 

Primeiro Lugar:   O MENINO DO ESPELHO
Letra: Tulio Souza
Melodia:  Tuny Brum
Interpretação: Tuny Brum



Segundo Lugar:  A MESMA PALAVRA
Letra: Juca Moraes
Melodia: João Bosco Ayalla Rodrigues
Interpretação:  Robledo Martins

Terceiro Lugar: NO CORREDOR DE UMA TROPA
Letra:  Fabio Costa/Vane Vieira
Melodia: Henrique Bagesteiro
Interpretação: Grupo Parceira
Bosco, Rafael, Nilton Jr e Robledo

Melhor Letra: A MESMA PALAVRA -  Juca Moraes

Melhor Intérprete: ROBLEDO MARTINS - A Mesma Palavra


Melhor Instrumentista:  MARCELINHO CARVALHO – Violão – O Menino do Espelho

Melhor Melodia:  A Solidão da Flor -  Luciano Rodrigues

Mais Popular:   CANICIANDO
Letra: Julles De Ley/ Jackson De Ley
Melodia: Adalberto Hommerdinger
Interpretação:  Enzo Falabretti


ETAPA LOCAL:


Primeiro Lugar:  CAMPEÃO DA ALEGRA
Letra:  Carlos Machado
Melodia: João Paulo Deckert
Interpretação: João Paulo Deckert e Nando Soares

Segundo Lugar: CANICIANDO
Letra: Julles De Ley/ Jackson De Ley
Melodia: Adalberto Hommerdinger
Interpretação:  Enzo Falabretti

Terceiro Lugar:  EVOLUÇÃO DO MEU PAGO
Letra: Vitor Bertei/Sabani Felipe de Souza
Melodia: Marcelinho Carvalho

Interpretação: Léo Almeida


segunda-feira, 28 de novembro de 2016

BAQUERIA DE LOS PIÑARES - RESULTADO

André Teixeira e Raineri Spohr interpretaram a Música Mais Popular do Festival
A noite final do 11º  Festival Baqueria de Los Piñares, foi realizada no domingo, 27 de novembro, no CTG Rancho da Integração,  em Vacaria-RS.
O resultado é o seguinte:

Primeiro Lugar:  Os Olhos da Noite
Ritmo: Milonga 
Letra: Rafael Chiapetta
Melodia: Matheus Neves da Fontoura
Interpretação: Raineri Spohr
Acordeon: Giovane Marques
Violões: Luciano Fagundes/Gustavo Oliveira
Baixo: Carlos de Césaro

Segundo Lugar: Chacarera da Moça
Ritmo: Chacarera
Letra: Rogerio Villagran
Melodia: Kiko Goulart
Interpretação: Ricardo Berga e Vitor Amorim
Violões: Junior Pereira/Kiko Goulart/Vitor Amorim
Guitarron: Ricardo Berga
Violino: Pedro Kalbach

Terceiro Lugar: Laço Nos Tentos
Ritmo: Rasguido Doble
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: André Teixeira
Interpretação: André Teixeira
Acordeon/Vocal: Giovane Marques
Baixo: Carlos de Césaro
Violão: Luciano Fagundes/Gustavo Oliveira
Guitarron: André Teixeira

Melhor Intérprete: Alex Har - Chamarrita Apaysanada
Melhor Instrumentista: Carlos de Césaro - Contrabaixo
Melhor Letra: Os Olhos da Noite -  Rafael Chiapetta
Melhor Arranjo:  Chamarrita Apaysanada
Mais Popular: Na Igreja das Percantas
Ritmo: Chote
Letra: Paulo Flek/Matheus Neves da Fontoura
Melodia: Raineri Spohr
Interpretação: Raineri Spohr e André Teixeira


Fonte:   Raul Bittencourt
Foto:  Jornal Rota

domingo, 27 de novembro de 2016

9º FESTIVAL DO COOPERATIVISMO - RESULTADO

Nilton Ferreira interpretou a música vencedora
Cerca de três mil pessoas compareceram ao Complexo Poliesportivo de Campo Novo, na região celeiro do Rio Grande do Sul, onde o Sescoop/RS realizou na noite de sábado, 26/11, a 9ª edição do Festival Rio Grande Canta o Cooperativismo.
Após a apresentação das dez finalistas, o público pode prestigiar o show do grupo Tchê Barbaridade.

As músicas premiadas no festival 2016, são:

Primeiro Lugar: CHASQUE PARA UM GUITARREIRO Ritmo: MILONGA CORRALERA
Letra: FLAUBIANO LIMA
Melodia: ZULMAR BENITEZ
Interpretação: NILTON FERREIRA
Segundo Lugar: NOSSA GENTE PENSA ASSIM Ritmo: CANÇÃO
Letra: CARLOS OMAR VILLELA GOMES    
Melodia: PIERO ERENO
Interpretação: MARIA HELENA ANVERSA
Terceiro Lugar: UNINDO SONHOS Ritmo: CHACARERA
Letra: CAIO MARTINES    
Melodia: MATHEUS ALVES
Interpretação: SHANA MULLER e CAIO MARTINEZ
Quarto Lugar: SUSTENTÁVEL
Ritmo: CANÇÃO
Letra: RÔMULO CHAVES    
Melodia: NILTON JUNIOR DA SILVEIRA
Interpretação: CHICO SARATT
Quinto Lugar: COM O CORAÇÃO Ritmo: CANÇÃO
Letra: JEAN KIRCHOFF
Melodia: JEAN KIRCHOFF
Interpretação: GRUPO MAS BAH
Sexto Lugar: APENAS PENAS Ritmo: CHAMAMÉ
Letra: VOLMIR COELHO
Melodia: VOLMIR COELHO/NIRION MACHADO 
Interpretação:  VOLMIR COELHO
Sétimo Lugar: HARMONIZANDO Ritmo: CHAMAMÉ
Letra:  JARDEL BRAGA/JOSÉ LUIZ REICHERT
Melodia:  JARDEL BRAGA/JOSÉ LUIZ REICHERT
Interpretação: RODRIGO GONÇALVES
Oitavo Lugar:  AS PORTAS ESTÃO ABERTAS Ritmo: VANEIRA        
Letra: CAIO MARTINEZ    
Melodia: MATHEUS ALVES
Interpretação: ITA CUNHA
Nono Lugar:  A CANÇÃO DO FUTURO Ritmo: CANÇÃO
Letra: PIERO ERENO
Melodia: PIERO ERENO
Interpretação:  JEAN KIRCHOFF
Décimo Lugar: DE VIVER E COOPERAR Ritmo: CANÇÃO
Letra: CARLOS OMAR VILLELA GOMES
Melodia:  ÉMERSON/ARISON MARTINS
Interpretação:  GISELE GUIMARÃES

Mais Popular:  HARMONIZANDO
Ritmo: CHAMAMÉ
Letra:  JARDEL BRAGA/JOSÉ LUIZ REICHERT

Melodia:  JARDEL BRAGA/JOSÉ LUIZ REICHERT
Interpretação: RODRIGO GONÇALVES

domingo, 20 de novembro de 2016

5º CANTO DE LUZ E 1ª LAMPARINA - RESULTADOS


A 5ª edição do festival Canto de Luz, aconteceu de 16 a 19 de novembro na cidade de Ijui, assim como a 1ª Lamparina da Canção, certame para jovens intérpretes.
Os resultados são os seguintes:

5º CANTO DE LUZ  

ETAPA GERAL

Primeiro Lugar:  Razões De Cantar
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Miguel Marques
Interpretação: Miguel Marques e Jean Kirchoff.

Segundo Lugar: Rosa Dos Ventos
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Marcelinho Carvalho
Interpretação: Francisco Oliveira.

Terceiro Lugar: Velha Tronqueira
Letra: Heleno Cardeal
Melodia: Zulmar Benitez
Interpretação:  Cristiano Fantinel

Mais Popular:  Heranças
Letra: Elisandro Bianchini
Melodia:  Xuxu Nunes
Interpretação: Rogério Knorst/José Ricardo Nerling

Melhor Intérprete:  Francisco Oliveira e Leonardo Paim - O Poema e a Melodia
Melhor Instrumentista:  Glauco Vieira - Acordeon
Melhor Letra: Rosa Dos Ventos – Rodrigo Bauer
Melhor Melodia: Razões De Cantar – Miguel Marques
Melhor Indumentária: Cristiano Fantinel
Melhor Arranjo Instrumental: Rosa Dos Ventos
Melhor Arranjo Vocal:  Nos Carteados Da Vida  - Trio Peregrinos

ETAPA LOCAL:
Primeiro Lugar: Heranças
Letra: Elisandro Bianchini
Melodia: Xuxu Nunes
Interpretação: Rogério Knorst/José Ricardo Nerling

Segundo Lugar: Milonga de Couro e Osso
Letra: Volmir Coelho
Melodia: Jhonatan Machado
Interpretação: Volmir Coelho

Terceiro Lugar: O Chimarrão e a Cadeira
Letra: Ivan Coelho
Melodia: Nilton Ferreira
Interpretação: José Ricardo Nerling

Natália Kollet - Sinceridade


1ª LAMPARINA DA CANÇÃO

Modalidade JUVENIL:
Primeiro Lugar:  NATÁLIA KOLLET  
Música: Sinceridade
Segundo Lugar:  KÁSSIA MACEDO COSTA
Música: Nas Asas da Solidão
Terceiro Lugar:  GIOVANNA CAVALHEIRO
Música: Os Olhos do Meu Cavalo
Destaque:  FELIPE PINHEIRO
Música:  A Grade dos Olhos.

Modalidade MIRIM:
Primeiro Lugar: LUIZA BARBOSA DIAS 
Música:  Amor a Terra
Segundo Lugar: ANDREI EDUARDO DA SILVA
Musica: Guri de Campo
Terceiro Lugar: MANUELA MARTINS DE SOUZA
Música: Garganta Con Arena
Destaque: MURILO VARGAS 
Música: Veterano

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

6º MOINHO DEFINE CONCORRENTES

Comissão de Triagem do 6º Moinho da Canção
Encerrados os trabalhos de triagem do 6º Moinho da Canção, a comissão avaliadora definiu as canções que estarão no palco do festival, no dia 03 de dezembro vindouro.
Segue a listagem das obras classificadas:

ETAPA GERAL:

1. Pela Mão do Professor
Autores: Valdir Disconzi/Xuxu Nunes/Halber Lopes
2. Damas da Luz
Autor: Nilton Junior
3. Um Dia Desses
Autores: Alex Palma/Alexandre Hoeher
4. Eu e a Vaneira
Autor: Sérgio Rosa
5. A Solidão da Flor
Autores: Glauco Lemos/Luciano Rodrigues
6. O Menino do Espelho
Autores: Tulio souza/Tuny Brum
7. No Corredor de um Tropa
Autores: Fabio Costa/Vane Vieira/Henrique Bagesteiro
8. Por Um Mate
Autores: Tiago Souza/Arison Martins/Luciano Rodrigues
9. Nuances de Mim
Autores: Eron Carvalho/João Chagas leite
10. Quando a Milonga Me Toca
Autores: Vaine Darde/Jean Carlos Godoy/Jader Leal
11. Moinhos
Autor: Luiz Carlos Ithi Ranoff
12. Mesma Palavra
Autores: Juca Moraes/João Bosco Ayala
13. Tombos
Autores: Giba Trindade/Volmir Coelho

ETAPA LOCAL

1. Campeão da Alegria
Autores: Carlos Machado/João Paulo Deckert
2. Caniciano
Autores: Julles de Ley/Jackson de Ley/Adalberto Hommerdinger
3. Evolução do Meu Pago
Autores: Vitor Bertei/Sabani Felipe de Souza/Marcelinho Carvalho





segunda-feira, 14 de novembro de 2016

31º PONCHE VERDE - RESULTADO

Grupo que defendeu a música vencedora.
No final de semana que passou, a Capital da Paz, Dom Pedrito, realizou a 31ª edição do Ponche Verde da Canção Gaúcha e o resultado é o seguinte:

PRIMEIRO LUGAR:   DOIS TEMPOS DO CANTOR PAMPEANO
Ritmo: Rasguido doble
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Nirion Machado
Interpretação:  Adair de Freitas e Jean Kirchoff

SEGUNDO LUGAR:  ARAMADOS
Ritmo: Chamarra
Letra: Juliano Santos
Melodia: Arison Martins
Interpretação: Analise Severo

TERCEIRO LUGAR: O REGALO DE UM POETA
Ritmo: Milonga
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Nirion Machado
Interpretação: Robledo Martins

MAIS POPULAR: NÃO É PRA "MINZIBÍ", MAS SOU DE DOM PEDRITO
Letra:  Jorge Rodrigues
Melodia: Cícero Fontoura
Interpretação: Marcio Correia e Joni andré

MELHOR LETRA:  DOIS TEMPOS DO CANTOR PAMPEANO - Rômulo Chaves
MELHOR MELODIA: DE UM GURI DA CIDADE - Arison/Emerson Martins
MELHOR INTÉRPRETE:  ROBLEDO MARTINS -  O Regalo de Um Poeta
MELHOR INSTRUMENTISTA  - NILTON JUNIOR  - Piano - O Regalo de Um Poeta

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

11º BAQUERIA - ORDEM DE APRESENTAÇÃO

Raul Bittencourt

Atenção concorrentes no XI Festival Baqueria de Los Piñares, para a Ordem de Apresentação e de Passagem de Som do festival que acontece no dia  26 de novembro, no galpão do CTG Rancho da Integração, na cidade de Vacaria-RS.

1. De Sina e Corredor
Horário: 13h30m
Ritmo: Chamarra
Letra: Leandro Torres
Melodia: Carlos Machado
2. Bodegão de Campanha
Horário: 13h45m
Ritmo: Chamarra
Letra: Gilberto Lamaison
Melodia: Gabriel Selvage
3. Na Igreja das Percantas
Horário: 14h
Ritmo: Xote
Letra: Paulo Fleck/Matheus Neves da Fontoura
Melodia: Raineri Spohr
4- Da Aurora ao Poente 
Horário: 14h15m
Ritmo: Milonga Arrabaleira
Letra: Ramirez Monteiro/Gustavo Pimentel
Melodia: Ramirez Monteiro
5. Chamamezito  
Horário: 14h30m
Ritmo: Chamame
Letra/Melodia: Rogério Villagran
6. Groseador 
Horário: 14h45m
Ritmo: Chamarra  
Letra: Dalvan Medina/Mario Lucas
Melodia: Juliano Moreno
7. A Despedida da Casa Velha
Horário: 15h
Ritmo: Milonga
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Fabrício Cecatto
8. Na Solidão de Um Domingo
Horário: 15h15m
Ritmo: Milonga  
Letra: Paulo Ricardo Costa
Melodia: Marcelinho Carvalho.
9. Chacarera da Moça
Horário: 15h30m
Letra: Rogério Villagran
Melodia: Kiko Goulart.
10.  O Violão Antigo
Horário: 15h45m
Ritmo: Milonga
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Zulmar Benitez
11. Chamarrita Apaysanada  
Horário: 16h
Ritmo: Chamarrita
Letra: João Sampaio/Diego Muller
Melodia: Kiko Goulart
12. Minha Razão de Cantar
Horário: 16h15m
Ritmo: Chamarra
Letra: Henrique Fernandez/Mauro Dias
Melodia: Gabriel Selvage
13. Os Olhos da Noite
Horário: 16h30m
Ritmo: Milonga
Letra: Rafael Chiapetta
Melodia: Matheus Alves
14. Laço Nos Tentos
Horário: 16h45m
Ritmo: Rasguido Doble
Letra: Gujo Teixeira
Melodia: André Teixeira

As 3 (três) obras classificadas da etapa municipal passam o som as 10h30m de sábado.
As obras que tenham as mesmas bandas, já antecipam a passagem de som.
O instrumentista poderá atuar em no máximo 3 (três) músicas concorrentes e o intérprete em no máximo 2 (duas).
O não cumprimento dos horários acarretara em perca do horário e não haverá a passagem de som.

OBS: Os horários devem ser respeitados, pois não haverá passagem de som após as 17 horas.

Quem avisa é o coordenador do festival, Raul Bittencourt, o homem da foto ali de cima.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

1º FLOR DE MAIO - EM ABRIL DE 2017.

Reproduzimos, a seguir,  o chasque que nos foi enviado pelo amigo Marcelo Paz Carvalho, informando o surgimento de um novo festival de música no nosso estado.
Baita notícia..     Que categoria!!!  
Contem conosco sempre.
--------------------------------------
Buenas Jairo.
Depois de uma longa caminhada conseguimos tirar do papel nosso festival, aqui na cidade de Três de Maio, e estamos lançando o 1° Festival da Canção Nativa Flor de Maio, que será realizado em 2017, nos dias 28 e 29 de abril, junto com a Feira do Agronegócio aqui da cidade.
Como sou leitor assíduo do teu blog Ronda dos Festivais, bem como toda comunidade envolvida no meio dos festivais, estou te enviando o regulamento e a logomarca do festival.  Se tu puder colocar no teu blog, fico grato por essa ajuda para divulgar nossa cultura e nossa arte.
Abração chamigo.

Assinado:   Marcelo Paz Carvalho.

Segue o regulamento do Festival:

1°Festival da Canção Nativa  Flor de Maio
28 e 29 de abril de 2017 -   Três de Maio-RS
                      
I - Dos objetivos
- O Festival tem como objetivos:
1º) oportunizar a produção cultural, poética e musical, bem como o surgimento de novos talentos, fortalecendo a produção musical do RS;
2º) incentivar a pesquisa das origens gaúchas, resgatando aspectos da nossa história, cultura e tradição;
3º) divulgar os ritmos e temáticas sul-riograndenses, bem como o linguajar e os costumes do povo gaúcho;
4º) promover a integração entre artistas, poetas, músicos e intérpretes dedicados à música gaúcha e nativista do RS e o público Tresmaiense e regional;
5º) incentivar, através de premiação e divulgação, as composições que revelarem maior identificação com os objetivos propostos;
II - Da Administração
- A Coordenação Geral do Festival ficará a cargo da Grupo de Arte e Cultura Flor de Maio de Três de Maio   com apoio do Departamento Cultural da Prefeitura Municipal e ACI a qual competirá.
1º) regulamentar as questões referentes à infraestrutura, inscrições, credenciamentos, finanças, palco,  e outras que se fizerem necessárias, constituindo, para isso, subcomissões para a execução dos trabalhos;
2º) definir a Comissão Julgadora;
3º) administrar os recursos que lhes forem disponibilizados.
4º) analisar e resolver os casos omissos;
III- Do estilo Musical
- O estilo musical do festival será Nativista e campeiro, poderão participar autores e compositores de todo o Brasil e Países do Mercosul, desde que obedeçam as normas deste regulamento.
1.Serão aceitos poemas em Língua Portuguesa e Língua Espanhola, desde que identificados com a cultura regional e campeira do Rio Grande do Sul e da “Pampa Gaucha”;
IV- Da Inscrição e Participação:
1.Das composições inscritas, poderão ser classificadas, para a apresentação em palco, no máximo 01(uma) música por compositor individual ou parceria;
2. Só poderão participar do Festival composições inéditas. Entende-se por inédita: Composição não editada ,nem gravada podendo, no entanto já ter participado de outros festivais, desde que não seja componente do disco,  ou assemelhado, nem tenha sido premiada em evento do gênero;
3. Serão aceitas inscrições somente via e-mail (festivalflordemaio@gmail.com)as letras devem vir em arquivo WORD na fonte ARIAL no tamanho da letra 14, as musicas devem estar em MP3 e a ficha de inscrição devidamente preenchida com assinatura digitalizada de pelo menos um dos autores . Serão selecionadas 12(doze) composições para serem apresentadas nas eliminatórias no palco do festival, sendo que serão classificadas 10(dez) para a grande final, concorrendo às premiações estabelecidas neste regulamento.As 12 composições selecionadas na triagem fazerão parte automaticamente do CD do 1°FESTIVAL DA CANÇÃO NATIVA FLOR DE MAIO;o cd será gravado antecipadamenmte e lançado no dia do festival.
4. O concorrente deverá enviar a ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada digitalmente, pelo menos por um dos autores;
5. As composições não deverão exceder o limite de 05,30(cinco minutos e meio )de duração, tanto nas gravações pra a triagem como na apresentação em palco no festival;
6. O bom nível das gravações é condição fundamental para seleção na triagem;
7. As inscrições devem ser enviadas para festivalflordemaio@gmail.com e encerrar-se-ão dia 10/03/2017 . Não serão aceitas inscrições após esta data, salvo se houver prorrogação definida pela Comissão Organizadora.
8. A ordem de apresentação das composições pré-selecionadas serão definidos pela Comissão Organizadora em forma de sorteio, logo após a triagem, não sendo aceitas alterações posteriores;
9. O mesmo grupo, conjunto, instrumentista não poderão defender mais do que 02(duas) composições, sob pena do não recebimento da ajuda de custo, e eliminação das mesmas da competição e das referidas premiações.
10. O interprete poderá defender no maximo 2(duas) composições sendo que, 1(uma) em dueto.
11. As 12 (doze) composições selecionadas serão apresentadas dias 28/04/17 a partir das 20 e 30 hrs e as 10 (dez) finalistas, definidas pela comissão julgadora, serão reapresentadas na noite do dia 29/04/2017,
12. Os intérpretes e músicos que subirem ao palco do festival deverão apresentar-se devidamente pilchados, não sendo permitido o uso de camisetas com propaganda ou alusão a qualquer outro tipo de manifestação que não seja relacionada com a cultura gaúcha e nativista do Rio Grande do Sul; sob pena de desclassificação. No ato de inscrição ficam cientes os autores da responsabilidade de esclarecer aos seus músicos.
Entende-se por pilcha: No mínimo, camisa, bombacha, lenço, bota ou alpargata e trajes femininos da mulher gaúcha;
13. Não poderá o número de componentes do grupo que irá defender uma composição ser inferior a 03(três) nem superior a 07(sete), sendo que cada composição deverá ser apresentada pelo mesmo grupo todas as vezes que for a palco.No desrrespeito do ítem 13, haverá desconto de 50% da ajuda de custo.
14. Os autores e/ou compositores comprometem-se a enviar ao festival as gravações das musicas que foram selecionadas para serem gravadas no CD do festival que será lançado no dia do evento, até o dia determinado pela comissão, bem como a autorização de gravação do cd  que cedem os direitos de gravação, ressalvados seus direitos autorais ao 1° Festival da canção nativa Flor de maio, correspondentes a edição e/ou reedição do CD ou DVD do Festival.
Se as autorizações não forem enviadas dentro do prazo a composição  será excluída e será chamada uma suplente para seu lugar..
 V– AJUDA DE CUSTO E PREMIAÇÃO
Cada composição pré selecionada receberá como subvenção, a título de custeio de despesas, a quantia de R$1.800,00 (um mil e oitocentos reais), pago da seguinte forma: 50%(cinqüenta por cento)após a passagem de som e 50% (cinqüenta por cento) após a apresentação em palco, obedecendo o horário da passagem de som, pré-estabelecido e agendado com a comissão organizadora; 
Os horarios pré estabelecidos para a passagem de som devem ser obedecidos fielmente sob penalidade de perda de 30% do valor da ajuda de custo .
 As premiações do 1° Festival da Canção Nativa Flor de Maio ficam assim estabelecidas:
Primeiro Lugar – R$ 2.000,00 e Troféu
Segundo Lugar – R$ 1.500,00 e Troféu
Terceiro Lugar – R$ 1.000,00 e Troféu
Música Mais Popular – Troféu
Melhor Poesia –Troféu
Melhor Instrumentista –Troféu
Melhor Intérprete –Troféu
Melhor Arranjo –Troféu 
VI – NORMAS GERAIS
1. Serão credenciados 02(dois) profissionais, devidamente documentados, por jornal presente no festival, 04(quatro) profissionais, por emissora de rádio e até 06(seis) profissionais, por canal de televisão;
2. Serão credenciados somente os autores, músicos e intérpretes participantes, tendo os mesmos direito a credenciar somente 1(um) acompanhante;
3. A Comissão Organizadora reserva-se o direito de, em qualquer momento, excluir do evento o concorrente ou grupo cujos participantes infringirem as normas deste regulamento;
4. O concorrente, após inscrever seu trabalho, e o mesmo ser pré-selecionado, não poderá mais divulga-lo até o dia da realização da final do evento;
5. O não ineditismo, não captado pela Comissão Organizadora ou Julgadora, poderá ser objeto de denúncia, por escrito e com provas suficientes, impreterivelmente até as 16 hs do dia  28/04/2017
6. Os casos omissos a este regulamento serão resolvidos soberanamente pela Comissão Organizadora do “1°Festival da canção nativa Flor de maio..

Contatos do Grupo de Arte e Cultura Flor de maio
Marcelo Paz Carvalho-(Mixaria) 55-99976-2446
Juarez da Silva- 55-99978-5948
Zeca Motta- 55-98118-4344
Elisandro Tiecher- 55-98406-0837
1° Festival da Canção Nativa Flor de Maio  -  Três de Maio-RS


FICHA DE INSCRIÇÃO 

Nome da composição:
Ritmo:
Autor da letra:
Endereço:                                                        CEP:
Cidade:
RG:                                                    CPF:
Email:
Fone:                         

Autor da Música:
Endereço:                                                        CEP:
Cidade:
RG:                                                     CPF:
Email:
Fone:

INTÉRPRETE:

Pessoa autorizada a receber a ajuda de custo:
Nome:
CPF:                                                           RG:
Declaramos estarmos cientes dos termos do regulamento desse evento.


________________________________, _________ de  ____________________ de 2017.